Contactos

JB Flores e Plantas

  • Pessoa de contato: Breno Ricci ou Julia Lorena
  • Telefone: +55 (33) 3284-24-88
  • +55 (33) 8403-82-40
  • +55 (33) 9117-00-30
  • Endereço postal: Av. Dr. joão de Souza Lima, 751, Frei Inocêncio, Minas Gerais, 35112000, Brasil

Renovações do site

JB Flores e Plantas

23/10/11 03:36

Suas plantas não duram nada?
Vejamos as dicas para fazer com que elas vivam mais tempo

As vezes não conseguimos ter plantas bonitas em casa por muito tempo. Não é azar, não. É falta de cuidados…

Aqui vão alguns truques para você preservar suas plantas, no vaso ou no jardim, para que elas durem mais.

Regue corretamente

Coloque sempre o dedo na terra para saber se falta água. Aproveite para descarregar suas energias: as plantas gostam e sabem transmutar essa energia. Seu contato com a terra vai criar uma relação de troca e identidade com sua planta.

Ao regar, pegue seu vaso e leve para uma área onde você possa molhar bem a terra e as folhas. Após 1 hora da rega, jogue fora a água dos pratos, volte a planta para o seu lugar mantenha-a durante as semanas seguintes molhando com pequenas quantidades. Você pode repetir isso no verão uma vez por mês, mas no inverno uma vez a cada dois meses já é o suficiente.

No inverno, as plantas não gostam de água à noite, elas preferem na parte da manhã. Assim evitamos as baixas temperaturas da madrugada que ajudam a proliferar os fungos e parasitas.

Não sabe a quantidade ideal de água?

Veja as dicas para um inverno seco:

  • Vaso pequeno ½ copo a 1 copo cada 4 dias;

  • Vaso médio ½ litro 1 vez por semana;

  • Vaso grande 1 litro a 1 litro e ½ 1 vez por semana;
  • Vaso de barro precisam 2 vezes mais de água do que os de plástico;
  • Se a umidade está alta no ar, não é preciso molhar.

Lugar ao sol (ou à sombra)

As plantas são seres vivos especiais porque podem fabricar o seu próprio alimento retirando a energia que vem da luz solar. Na hora da compra, basta perguntar qual a necessidade dela. E, depois, descubra o melhor lugar da casa para acomodá-la. Pegue uma bússola e descubra qual janela recebe o sol, mas se não tem, basta observar onde o sol nasce, este lado é o leste. Onde ele se põe, o oeste.

Aprenda a escolher o local apropriado:

  • Planta de sol: procure uma janela direcionada para norte ou oeste. Essa posição é excelente para esse tipo de planta, pois recebem o sol por mais tempo;

  • Planta de meia sombra: uma janela voltada para o leste, que recebe a luz do sol da manhã, mas ficará na sombra o resto do dia;

  • Planta de sombra: você deve procurar uma janela voltada para sul.


Adubação verde

Frutas e verduras fazem bem até para as plantas. Faça uma adubação verde, mas líquida. Podemos alimentar nossas plantas com um suco verde, que ajuda muito a planta. Da mesma maneira que o nosso corpo absorve rapidamente uma vitamina que tomamos, o mesmo acontece com elas.

Use as sobras de vegetais e frutas que não foram cozidos e estão sem temperos. Bata tudo no liquidificador com água e, depois de bem batido, coe para retirar o bagaço. Dilua esse líquido em 3 litros de água e, depois, é só molhar como já foi explicado. Mas use esse método uma vez a cada 15 dias, adubo demais prejudica a planta.

Outros adubos

Cada adubo tem a sua função. O ideal é usar os químicos somente na época das chuvas, que dissolvem e são assimilados melhor pelas plantas. Procure intercalar os minerais e os orgânicos de 3 em 3 meses para equilibrar o solo e, no inverno, dê um descanso para o jardim.

A adubação química é aquela em que o adubo usado é formado por composto químico, originados industrialmente. São adubos sintéticos que contêm nitrogênio, fósforo e potássio.

Já a adubação orgânica é aquela que é feito usando resíduos animais ou vegetais que desenvolvem a flora microbiana e, por consequência, melhoram as condições físicas do solo. Os mais conhecidos são a “torta de mamona” e a “farinha de osso” e também são encontrados no mercado facilmente.

Por fim, a adubação mineral é extraída de minas e assimilada diretamente pelas plantas, ou sofrem pequenas transformações no solo para serem absorvidos. Também à venda em lojas de plantas.